fundo parallax



 
O parto é considerado prematuro quando ocorre antes de 37 semanas. Evite os riscos mencionados, esteja alerta para os sintomas descritos, faça um acompanhamento pré-natal adequado, esclarecendo suas dúvidas com seu obstetra. Assim você terá a segurança necessária para ter uma gestação tranquila e o nascimento de um bebê maduro e saudável. Boa sorte!
 





 

Causas

Existem causas diversas para que o parto ocorra antes do bebê ser considerado maduro para nascer, são elas:
  • Hábito de fumar
  • Consumo de álcool e drogas ilícitas
  • Ganho de peso acima do ideal ou insuficiente durante a gestação (considerado como ganho de peso ideal entre 8 a 12 kg na gravidez em mulheres sem sobrepeso antes de engravidar)
  • Atividade física intensa (considerando trabalho que exija ficar de pé por longas horas)
  • Infecções (incluindo as genitais causadas por corrimento vaginal anormal)
  • Gestação de gêmeos
  • Insuficiência do colo uterino
  • Placenta prévia (placenta inserida de forma anormal, próxima ao colo uterino ou sobre o mesmo)
  • Estresse
  • Pressão alta
  • Diabetes na gravidez
  • Gestantes com idade inferior a 17 anos ou superior a 35 anos
  • Alterações do útero, como útero bicorno
  • Ter tido parto prematuro em gestação anterior.
 





 

Outras situações

Em algumas situações, não é identificada a causa do trabalho de parto prematuro. Fique atenta se sentir:
  • Dor tipo cólica ou sensação de peso no baixo ventre ou região lombar
  • Alteração da secreção vaginal, principalmente da cor, odor e quantidade
  • Enrijecimento abdominal súbito, com ou sem dor, geralmente não relacionado com a movimentação fetal – este sintoma é ainda mais significativo se ocorre com a paciente em repouso
Contudo, se a grávida sentir o que está acima descrito, não significa que ela vai ter um trabalho de parto prematuro. Quanto mais cedo for feito o diagnóstico, maior será o sucesso do tratamento.
 





 
Tire todas as suas dúvidas. Venha nos conhecer agendando uma consulta!
ENTRE EM CONTATO CONOSCO