Suspeita de Infertilidade?
4 de setembro de 2017
p
Outubro Rosa- Prevenção é um ato de amor!
3 de outubro de 2017

A inseminação intrauterina, mais conhecida como inseminação artificial, consiste na indução da ovulação através de hormônios, para estimularem os ovários a produzirem óvulos.

O acompanhamento da resposta ovariana à medicação utilizada é feito através de exames de ultrassonografia transvaginal.
Quando se verifica a iminência de ovulação pelo exame de ultrassonografia, programa-se a transferência dos espermatozoides. Para isso, é feita a coleta de esperma e seleção dos melhores espermatozoides no laboratório. Após esta seleção, estes espermatozoides são transferidos para dentro do útero através de um cateter.
Este tratamento está indicado para mulheres com trompas uterinas desobstruídas e homens sem alterações ou com alterações leves na qualidade espermática.

Cuidados a serem tomados durante o tratamento:
Durante este tratamento, deve ser evitada atividade física com impacto na região abdominal e uso de medicações, especialmente os antiinflamatórios.