1
Infertilidade Masculina
21 de agosto de 2017
adrianadegoes-inseminacao
Quando fazer a inseminação intrauterina?
18 de setembro de 2017

Como suspeitar da infertilidade? O que causa? Qual o tratamento?

A infertilidade hoje acomete tanto homens, quanto mulheres. O casal deve suspeitar de infertilidade quando não engravidar após um período de 12 meses com atividade sexual regular e sem uso de qualquer método contraceptivo e procurar assistência médica especializada. Contudo, a busca por assistência médica não deve ser prorrogada, especialmente nos casos de mulheres em idade de 35 anos ou mais.

O que causa?
Diversos fatores dificultam a gravidez. Entre eles, 10% pode ser considerado de coexistência de fatores masculinos e femininos; 40% de fatores masculinos, 30% de fatores femininos e 20% sem causa aparente.

As principais causas da infertilidade feminina são o fator ovulatório, fator uterino, fator tubário e endometriose.

O fator ovulatório consiste na liberação do óvulo contido no ovário e a captação do mesmo pela tuba uterina. A mulher pode ter uma falha de ovulação ou até mesmo ovular, mas com produção inadequada de hormônios. Quando a ovulação não ocorre, o ciclo menstrual costuma ser irregular. Porém, quando há apenas uma deficiência na qualidade da ovulação, este sintoma pode não aparecer.

O Fator Uterino é caracterizado por irregularidades na cavidade uterina que podem dificultar a fixação do embrião no útero. Exemplos de possíveis causas de irregularidade na parede uterina são: miomas (intramurais e submucosos), pólipos endometriais e malformações uterinas (útero bicorno, por exemplo).

O fator tubário consiste nas tubas uterinas que comunicam o ovário com o útero, podendo apresentar deformidades ou até mesmo a obstrução do canal. Se estas estiverem comprometidas de um lado ou até mesmo dos dois lados, podem dificultar e até mesmo impedir o encontro do espermatozoide com o óvulo, evitando assim a fecundação.

A Endometriose é um dos problemas mais frequentes que acomete as mulheres. Esta doença consiste na presença de focos de células de dentro da cavidade uterina (endométrio) em outros locais. Estes implantes de células endometriais podem ocorrer no revestimento dos órgãos internos (peritônio). Nesta situação, pode ocorrer formação de aderências. Estas aderências são as responsáveis pela perda de mobilidade das trompas, fenômeno fundamental para a captação dos óvulos e para sua fertilização.

Já os fatores para a infertilidade masculina estão principalmente relacionados com a deficiência tanto na qualidade quanto na quantidade de espermatozoides.

Para isto, o espermograma detecta diversos fatores como volume, quantidade, motilidade e morfologia do espermatozoide para identificar a causa da deficiência.

Em casos de tentativa de gravidez sem sucesso após 1 ano, deve procurar um especialista para descobrir a causa e iniciar o tratamento mais adequado.